SADI

Sistema Automático de Deteção de Incêndio

SADI

Sistema Automático de Deteção de Incêndio

Um sistema automático de deteção de incêndios (SADI) é uma instalação técnica capaz de registar um princípio de incêndio, sem a intervenção humana, transmitir as informações correspondentes a uma central de sinalização e comando (CDI – central de deteção de incêndios), dar o alarme automaticamente, quer local e restrito, quer geral, quer à distância (alerta) e acionar todos os comandos (imediatos ou temporizados) necessários à segurança contra incêndios dos ocupantes e do edifício onde está instalado: fechar portas resistente ao fogo, comandar elevadores, comandar registos corta-fogo, comandar sistemas automáticos de extinção de incêndios (SAEI), comandar ventiladores, comandar energia elétrica, desbloquear retentores, etc. 

Bocas ou Marcos de Incêndio

É um equipamento normalmente instalado na rede pública de abastecimento de água, dispondo de várias saídas, que permite a ligação de equipamentos de combate contra incêndios e o reabastecimento dos veículos dos bombeiros. É um meio de apoio às operações de combate a um incêndio por parte dos bombeiros.

Carretel

O carretel, também conhecido por boca de incêndio armada, é um equipamento de combate a incêndios que é constituído por uma mangueira acondicionada num tambor e por uma agulheta, estando na maioria dos casos protegido por um armário. É um equipamento que existe dentro de edifícios e que permite facilmente combater um incêndio quando este ainda está numa fase inicial.

Extintores

Os extintores são equipamentos de proteção ativa contra incêndios. Não é um meio para combater fogos de grandes dimensões, mas pode ser fundamental para evitar que um foco de incêndio se propague e transforme num incêndio de difícil extinção. Os extintores servem para combater um incêndio enquanto este ainda está numa fase inicial. Tendo uma carga limitada, os extintores podem esgotar-se numa questão de segundos pelo que é muito importante saber como e quando utilizá-los.

Sprinklers

Os sistemas de extinção por sprinklers ou também conhecidos por sistemas fixos de extinção automática por água , consistem numa rede de pequenos “aspersores” (sprinklers), podem ser afixados ao nível do teto, coberturas ou em paredes dos edifícios. Neste caso ao falarmos em Sprinklers, estamos a falar de ” Sprinklers Automáticos” e que são ativados individualmente pelo calor,estando ligados a uma rede de tubagem com água pressurizada. Quando o calor do fogo aumenta a temperatura do sprinkler até o seu ponto de operação, a ampola que contém um líquido com alto coeficiente de expansão, rebenta, permitindo assim a descarga de água directamente no foco do incêndio. Apesar de esta rede estar interligada, os sprinklers funcionam de forma independente, ativando-se à medida que a área que protegem atinge a temperatura pré-definida.

Fale connosco

Por favor introduza corretamente o seu e-mail para que possamos entrar em contato consigo.
Open chat
Precisa de ajuda?
Olá! podemos ajudar?